segunda-feira, 7 de setembro de 2009

DEUS É AMOR

Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de DEUS; e todo aquele que ama é nascido de DEUS e conhece a DEUS. Aquele que não ama não conhece a DEUS, pois DEUS é amor. Nisto se manifestou o amor de DEUS em nós: em haver DEUS enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a DEUS, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. Amados, se DEUS de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a DEUS; se amarmos uns aos outros, DEUS permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado. Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós:em que nos deu do seu Espírito. E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. Aquele que confessar que JESUS é o Filho de DEUS, DEUS permanece nele, e ele em DEUS. E nós conhecemos e cremos no amor que DEUS tem por nós. DEUS é amor, e aquele que permanece no amor permanece em DEUS e DEUS, nele. Nisto é em nós aperfeiçoado o amor,para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois , segundo ele é, também nós somos neste mundo. No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor. Nós amamos porque ele nos amou primeiro. Se alguém disser: Amo a DEUS e odiar a seu irmão, é mentiroso: pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a DEUS, a quem não vê. Ora, temos da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a DEUS ame também a seu irmão. 1João(4:7-21)